Área do dentista

Ação da Fiscalização em Caruaru flagra Exercício Ilegal da Profissão

Data publicação: 19/10/2018

Responsive image

Em 17 de outubro, uma fiscalização de rotina do CRO-PE resultou no flagrante do exercício ilegal da profissão em uma clínica odontológica em Caruaru.

A clínica não é inscrita no Regional, tendo sido visitada anteriormente pela fiscal da Região nos meses de março e junho, sendo dado prazo para a referida adequação às normas éticas. Um novo prazo de 15 dias foi estipulado para regularização junto ao Regional. No entanto, nesta ação, além de se constatar a persistência da irregularidade, houve o flagrante do exercício ilegal da profissão por parte da fiscalização: Um Técnico em Prótese Dentária realizava ajuste numa prótese parcial removível de uma paciente, instalando na mesma a prótese. "De acordo com informações de um funcionário da Clínica, o TPD é inscrito em São Paulo e também é estudante de Odontologia, tendo transferido o seu curso para uma Faculdade da Região. Não conseguimos o relato do mesmo, pois ele se dirigiu ao primeiro andar do local e perdemos o contato com o TPD. O indicado à Responsável Técnico da Clínica não é inscrito em Pernambuco: deu entrada na inscrição mas o protocolo já perdeu a validade", elencou uma das fiscais responsáveis pela ação, CD Andréa Lima Diniz.

As fiscais CDs Andréa Lima Diniz e Danielle Frej seguiram para a Delegacia, onde registraram boletim de ocorrência. O envolvido será intimado pela Polícia Civil.



© 2018 cro-pe.org.br Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por