Área do dentista

DIA D no combate à Sífilis atualizou profissionais sobre diagnósticos das lesões e atualizações na área

Data publicação: 08/11/2019

Responsive image

Aconteceu, na manhã da terça-feira, 05/11, o ciclo de palestras voltadas ao "Dia D no Combate à Sífilis: O papel dos Odontólogos no enfrentamento à Sífilis", no auditório Senador Sérgio Guerra, na Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco - ALEPE. Iniciativa do CRO-PE em parceria com o Ministério da Saúde, a abertura do encontro contou com o presidente do Regional, CD Eduardo Vasconcelos, a representante do Ministério da Saúde, Dra Kamila Correia e a coordenadora de saúde bucal do Recife, CD Juliana Couto.

Com auditório lotado, as palestras foram ministradas pelas Dras Camila Dantas, Gerente do Programa Estadual de IST, Aids e Hepatites Virais, e Fabiana Motta, Cirurgiã-Dentista Coordenadora da Residência em Odontologia Hospital do IMIP. Os 144 profissionais presentes puderam atualizar os seus conhecimentos acerca do quantitativo de casos em Pernambuco, do diagnóstico das lesões, entre outras temáticas.

"A Sífilis tem manifestação bucal nas três fases dela: primária, secundária e terciária. Então, o Dentista é o carro chefe, é importantíssimo o profissional saber dessa lesões, nessas fases, para que ele possa fazer esse diagnóstico e o paciente ser tratado em tempo hábil, principalmente em relação à gestante, para não transmitir para o bebê. Então como ele faz o exame bucal, detecta essas lesões e os diagnósticos diferenciais com outras lesões para que, de repente, ele fique familiarizado com essas lesões e que na prática do dia a dia ele possa estar olhando para elas e fazendo este diagnóstico", explicou Motta.
"O Ministério da Saúde tem investido na compra de insumos e na capacitação dos profissionais, além de fazermos parcerias com as Universidades, gerando apoiadores. A Sífilis tem aumentado e a parceria com a Odontologia é importante porque é uma questão de saúde pública, quando um paciente busca um atendimento em um PSF, por exemplo, e o Dentista consegue identificar outras patologias nele, este profissional já é um sinalizador" comentou Correia.




© 2019 cro-pe.org.br Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por